Páginas

terça-feira, 30 de março de 2010

PV diz que vai impedir candidatura de "fichas-sujas"

A Executiva Nacional do PV aprovou resolução que impede a candidatura de qualquer integrante do partido com condenação judicial definitiva [transitada em julgado]. A resolução, que incorpora termos do projeto Ficha Limpa em tramitação no Congresso Nacional, foi encaminhada nesta segunda-feira (29) para publicação no Diário Oficial da União e é válida já para as eleições de outubroEm nota, divulgada em seu blog, a senadora Marina Silva, pré-candidata do PV à Presidência da República, diz que a decisão demonstra coerência do partido.
“Como nós trabalhamos para a aprovação do projeto Ficha Limpa no Congresso e neste blog, faz sentido que nos antecipemos já na implementação.”
Segundo a nota, pela decisão, não serão admitidos como candidatos do PV políticos condenados, em última instância, por crimes contra a economia popular, a fé pública, a administração pública, por atos contra o patrimônio privado, o sistema financeiro, o meio ambiente, a saúde pública e contra a vida.
A resolução impede ainda candidaturas de políticos que tiveram suas contas relativas a funções públicas rejeitadas por irregularidade que configure ato de improbidade administrativa.

Nenhum comentário: