Páginas

sexta-feira, 26 de março de 2010

Prefeito de cidade mineira diz ter comprado diploma


O prefeito da cidade de Dom Cavati, no interior de Minas Minas Gerais, assumiu publicamente ter comprado um diploma.
Em um discurso público, gravado com o uso de um telefone celular, o político afirma que é analfabeto e refere-se ao documento como um "diproma", que teria sido compradoO prefeito já foi acusado da aquisição irregular do documento pelo Ministério Público, mas foi absolvido no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) por falta de provas.
O prefeito, que é do DEM (Democratas), usa um certificado de 1972.
Ele se envolveu em uma polêmica em 2008, ano em que disputou a reeleição, já que empatou no número de votos com outro candidato, ligado ao PT (Partido dos Trabalhadores). Por ser mais velho, o atual prefeito obteve o cargo.
Um promotor público deve pedir perícia nas imagens para apurar se elas são verdadeiras.

Nenhum comentário: